Opinião: O descrédito e a tristeza

Por Ricardo Rodrigues Pazin/ Top News/ Jornalismo/ Top Tv On Brasil

A infraestrutura limitada de diversos bairros de Cajamar é algo presente no dia a dia da cidade há décadas. A imagem da Prefeitura, já arranhada no município nos últimos anos, causa não apenas indignação, mas também frustração e até um sentimento raivoso em munícipes, tamanha falta de cuidado com a população em regiões estratégicas.

Assim que pisou no Portais dos Ipês, bairro que existe a menos de 10 anos na cidade, na última semana, bastou a equipe de jornalismo da TOP TV ON BRASIL começar a circular por ruas do loteamento e a clicar o cenário de destruição e abandono para que moradores viessem até a reportagem e reclamassem sobre as condições do bairro.

Como sempre, palavras de ordem contra a Administração Municipal. A ira não está voltada, especificamente, para o prefeito Danilo Joan, que assumiu a prefeitura a menos de 100 dias, mas sim contra gestões passadas que tiveram no discurso uma solução de mentira para um problema tão sério.

Em quase uma hora, a TOP TV ON BRASIL percebeu que os moradores do Portais já não acreditam mais em uma solução. Um munícipe, ao conversar com a reportagem, mostrou efusão junto a uma vizinha quando comentava, a plenos pulmões, que “a tv iria publicar fotos para acordar a Prefeitura” e colaborar para uma conscientização quanto a soluções que ajudem os moradores. Aí sobrou até para a própria imprensa. “Xi, outra vez vocês aqui. Sempre vem tirar foto e filmar e nada muda”, rebateu outra moradora.

Ou seja, sobram até para os veículos de comunicação responsáveis pela cobertura de pautas relacionadas ao Portais, publicando a veracidade dos fatos e expondo a realidade, os resquícios da incompetência do Poder Público. O descrédito é total, a ponto de os moradores não confiarem em mais ninguém.

Prefeitura, Câmara Municipal, Ministério Público, Justiça, imprensa, todos, sob o olhar de muitos populares do local, não são a solução para o fim do sofrimento.

Se as licitações que somam-se milhões, quantia considerável empregada para obras de infraestrutura no loteamento em diversos bairros, já está aprovado, assinado e aguardando os trâmites legais para contratação de empresa responsável pelas obras, o início efetivo dos trabalhos é observado com visão desconfiada e questionado por muita gente.

Será preciso um trabalho de excelência, assim como prometido pela Prefeitura, para conter os ânimos inflamados da população. Só assim para que Cajamar volte a ser visto com decência pelos moradores dos Portais. O mais triste de tudo é que fica difícil discordar das críticas, fruto de uma herança maldita de quem foi mestre em somente discursar e pouco fazer pelo seu próprio povo.