Escritora Fernanda Young morre aos 49 anos após sofrer crise de asma

A escritora e roteirista Fernanda Young morreu na madrugada deste domingo, 25, após sofrer um ataque de asma no sítio que mantinha em Gonçalves (MG). A crise ocorreu por volta das 3 da manhã e desencadeou uma parada cardíaca.

Amigos e familiares estão em estado de choque. O enterro acontecerá às 16h15, no cemitério de Congonhas (MG).

Fernanda tinha apenas 49 anos e deixa quatro filhos. Ela iria contracenar com a atriz Fernanda Nobre na peça “Ainda Nada de Novo”, que estava com estreia marcada para o dia 12 de setembro, em São Paulo.

A escritora nasceu em Niterói, no Rio de Janeiro, e ganhou projeção nacional com o roteiro do seriado “Os Normais”, exibido pela TV Globo no início da década de 2000. O texto, escrito em parceria com seu marido, Alexandre Machado, narrava a vida do casal Rui e Vani, interpretados por Luiz Fernando Guimarães e Fernanda Torres.

A estreia de Fernanda ocorreu em 1995, com adaptações de textos de Luis Fernando Veríssimo para o programa “A Comédia da Vida Privada”.

Após o sucesso alcançado com “Os Normais”, Fernanda roteirizou as séries “Os Aspones” e “Minha Nada Mole Vida”, entre outras. Ela também integrou a primeira formação do seriado “Saia Justa” e apresentou o programa “Irritando Fernanda Young”, no canal por assinatura GNT.

Fernanda é autora de 14 livros. Foi uma das poucas mulheres a aparecer na revista “Playboy” como modelo do ensaio de capa e como entrevistada.