Solenidade em Cajamar comemora 40 anos de atividades do karatê Wadô Ryu

Os 40 anos da Wadô Ryu Remei do Brasil no município de Cajamar foi comemorado no último sábado (24), no Ginásio de Esportes Prefeito Manoel Alvares, em Jordanésia. O encontro reuniu caratecas da cidade e convidados da região. 

Realizado pela organização Wadô Ryu com apoio da Academia AKA, o ponto alto do evento aconteceu durante a solenidade realizada pelos professores de Cajamar, Wilson Lima, Vanessa Moro, Luis Fernando Figueiredo, Tatiana Moro e Thiago Monteiro. 

Entre os homenageados estava o empresário, 3º Dan e ex-professor de Wado Ryu, Wagner dos Santos Oliveira, que iniciou a modalidade em Cajamar no ano de 1979. A empresária, incentivadora do esporte no município e uma das integrantes da colônia japonesa na cidade, Sumiko Oye, recebeu uma das homenagens. O prefeito Danilo Joan e o secretário de Esportes, Fabiano Rodrigues também foram condecorados. 

Sensei Sergio Takamatsu professor instrutor na sede da organização Wado Ryu em São Paulo, Secretário Geral da Organização Wadô-Ryu no Brasil, e Técnico da Seleção Paulista de Karatê e da CBK disse em seu discurso que o apoio que Cajamar dá à modalidade faz a diferença, não só na vida das crianças e atletas, mas de toda a comunidade. “O Karatê Wado Ryu não está atrás de formar apenas campeões ou conquistar medalhas, isso vem automaticamente com os treinamentos. A intenção do Wado Ryu é preparar as crianças em todos os aspectos pra enfrentar o dia a dia para se tornar um cidadão de bem; este é o grande legado do nosso mestre Koje Takmatsu”, disse Sérgio.

O evento contou com a presença dos árbitros da Federação Paulista e da Confederação Brasileira de Karatê, Hélio de Oliveira e Marcos Antonio Pereira. 
Durante o encontro, foi ensinado aperfeiçoamento técnico, além de uma pequena orientação de arbitragem, abordando as mudanças da WKF (World Karate Federation), Federação Mundial de Karatê, as mudanças aconteceram para dar mais agilidade nas lutas, melhorando ainda mais a competição. Essas mudanças aconteceram para que o público possa saber e entender o Karatê, que em 2020 passa ser esporte Olímpico.

Segundo o Sensei Sérgio Takamatsu, além do aperfeiçoamento técnico para melhorar o desempenho dos atletas, o encontro foi também uma forma de união e convivência entre atletas que atuam no município.

Histórico da Wadô-Ryu

A Organização Wadô-Ryu Karatê-Dô Renmei do Brasil é a entidade oficial que representa o estilo Wadô-Ryu de Karatê no país. O estilo foi introduzido no Brasil em fevereiro de 1956, com a chegada do mestre Koji Takamatsu, Hanshi-Shihan 9º Dan pela Organização Wadô-Ryu Internacional e pela CBK (Confederação Brasileira de Karatê), de acordo com o site da Organização Wadô-Ryu. 

Nascido em Kakogawa, província de Hyogo, Japão, e formado pela Universidade de Agronomia de Tóquio em 1953, o mestre Koji Takamatsu é hoje presidente da Organização Wadô-Ryu para a América do Sul e membro da comissão da diretoria técnica da Organização Wadô-Ryu Karatê-Dô Internacional. 

É ainda integrante do Kodansha-kai (Conselho de Mestres) da FPK (Federação Paulista da modalidade). O trabalho de décadas do mestre Takamatsu pode ser observado através dos milhares de praticantes do estilo em todo o Brasil e até mesmo fora dele.