Prefeitura notifica proprietários de terrenos por falta de limpeza

A ação tem como intuito combater os focos de dengue e a proliferação de escorpiões que aumentam durante esta época do ano

Fonte PMC Texto: Ariane Grego

No intuito de atender a grande demanda de denúncias e reclamações, a Prefeitura de Cajamar, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Desenvolvimento Urbano, iniciou no dia 06 de janeiro um trabalho intenso de fiscalização realizado em locais estratégicos de maneira pontual, com o intuito de levantar todos os possíveis focos de proliferação de escorpiões no município.

As ações tiveram início nas áreas com maior incidência de aparições de escorpião, identificados por meio de apontamentos da Secretaria Municipal de Saúde, porém, o programa de prevenção terá continuidade com o objetivo de abranger todo o município durante o período de verão deste ano.

O trabalho de fiscalização também contribui para identificar lotes com mato alto e entulhos. Os proprietários de terrenos particulares que apresentarem essa irregularidade serão notificados e terão um prazo de 10 dias para limpar a área localizada. Além disso, as áreas públicas que forem identificadas durante este período de vistoria serão atendidas por equipes dos Serviços Públicos Municipal.

Dessa forma, além de combater a infestação por escorpiões, esse serviço de manutenção em todas as áreas ajudará no combate a focos de Dengue, que aumentam de maneira significativa nessa época do ano. Mais de 3000 lotes foram vistoriados e até o momento foram registradas 523 notificações.

De acordo com o Secretário de Mobilidade e Desenvolvimento Urbano Leandro Arantes, o principal objetivo desta ação é inibir a proliferação dos criadouros de insetos. “Nosso foco não é multar os munícipes que estão com os lotes sujos, isso será feito apenas pela necessidade manter os ambientes limpos para acabar com os escorpiões e os mosquitos da dengue. É muito importante que todos os munícipes se unam a essa luta se antecipando e limpando seus terrenos, evitando notificações ou multas” ressalta.