Cachorro leva tiro de assessor de deputado

O caso ocorreu em Campos de Jordão, em São Paulo, onde o assessor tem uma casa. Ele confessou que fez o disparo, mas alegou legítima defesa.

O animal pertence ao dono de uma pousada vizinha ao imóvel do assessor. “O cachorro fugiu da minha propriedade e entrou no quintal do vizinho (o assessor)”, conta o proprietário da pousada, Bernard Contipelli.

Em depoimento, Rodolfo Laterça alegou que as filhas brincavam no quintal quando foram surpreendidas pelo animal. Assustadas, gritaram por ajuda. Neste momento ele decidiu atirar contra o animal.

Segundo a polícia, ele é Inspetor de Segurança da Secretaria de Administração Penitenciária do Estado do Rio de Janeiro de carreira e, por isso tem autorização para portar a arma, que foi apreendida. O assessor será investigado.

Rodolfo Laterça está lotado no gabinete do deputado Anderson Moraes (PSL).