Saúde orienta sobre como proceder em caso de surgirem sintomas

Objetivo é conter a proliferação do coronavírus e evitar uma superlotação nos postos da rede municipal em Cajamar.

Fonte: PMC – Texto: Ricardo Rodrigues – Fotos: Murilo Soares

A Prefeitura de Cajamar, através da Secretaria de Saúde, vem orientando a população para algumas medidas a serem adotadas em relação ao novo Coronavírus (Covid-19), tanto para conter a proliferação da doença quanto para evitar uma superlotação das unidades da rede municipal. A prioridade do atendimento é do grupo de risco da doença, como os idosos, diabéticos e doentes cardíacos.

Para isso, a equipe de saúde determina os seguintes procedimentos: quem tiver sinais leves da doença, como tosse e febre, deve aguardar em casa por 48 horas. Se os sintomas persistirem, a pessoa pode ir à unidade básica de saúde mais próxima de sua residência. Em casos graves, como falta de ar severa, a recomendação é que o indivíduo procure o Hospital Municipal “Enfermeiro Antonio Policarpo de Oliveira”, no distrito do Polvilho, ou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Jordanésia.

A secretária de Saúde, Patrícia Haddad, reforça que as equipes estão trabalhando intensamente para manter a estrutura no atendimento à população. Segundo ela, a secretaria mantém o estoque suficiente, bem como equipamentos e insumos em todas as unidades de Saúde do município. A todo momento as equipes se reúnem com as gerências dos postos para entender a necessidade de cada um.

É importante reforçar ainda que a eficácia das precauções depende da ação de todos. A população também precisa colaborar, evitando aglomerações e seguindo as orientações de higiene, como lavar as mãos corretamente, bloquear tosses e espirros, assim como não compartilhar objetos pessoais.